terça-feira, 12 de junho de 2012

(ÚLTIMO) Capitulo 134 – “Ok, eu sempre gostei das suas cosquinhas.”

Demi on:
Rose nasceu de 8 meses. Foi difícil pra caramba no começo. Tive por um tempo depressão pós-parto mas hoje cuido da minha filhinha como uma pedra preciosa.
Ela já está com 4 aninhos, faz 5 daqui mais ou menos três semanas. Alguém sabe quando é dia 19? O_O

Demi – Pronto Rose... papai mata a gente se ver isso. – eu tinha pintado a unha dela. – Ai você fala pra ele que já é uma mocinha vaidosa.
Rose – Por que o papai vai ficar bravo?
Demi – Por que o papai é um chato.
Rose – Você também é chata.

Demi – Ah, agora eu sou chata? – eu disse com aquela carinha brincalhona. – Sou chata é? Vai ver a chata agora.- fiz cóssegas nela. Ela tem a minha risada meio escandalosa demais, mas é linda.

Rose – Chega mamãe! Você é a melhor mãe do mundo!
Demi – Se eu sou a melhoooor mão de mundo eu quero um beijo! – pulou no meu colo e me deu um beijo na bochecha. – Senta aqui. – a sentei no meu colo. – Amanhã vamos passar o dia com a Tia Selena, ok?
Rose – E a Tia Miley?
Demi – Eu não sei se a Tia Miley vai poder, mas eu vou ligar pra ela pra ver se dá, ok?
Rose – Tá bom. – ela ouviu um barulho de carro. – Papai chegou! – correu até a janela. – Posso ir lá fora mãe? – dizia animada.
Demi – Não, tá frio. Espera o papai colocar o caro na garagem.

Joe entrou pela porta da cozinha e Rose foi correndo abraçá-lo.

Demi – Não corre criança! Ai meu Deus.

Depois não ouvi mais nada. Ficaram cochichando na cozinha e Joe escondia alguma coisa atrás das costas.

Joe – Espera ai que o papai já te pega.- possivelmente queria colo. – Tenho que dar uma coisa pra mamãe primeiro.

Ele tapou meus olhos por trás, me deu um beijo na bochecha e me deu um buquê de rosas brancas.

Demi – Awn Joe.
Joe – Flores lindas para a MINHA linda. – me deu um selinho.

Rose – Ecaaa que nojo mamãe.

Joe – Cadê minha pipoquinhaaaaa? – pegou Rose no colo, lhe deu um beijo na bochecha e a colocou sobre os ombros.
Rose – AAAA me segura!
Joe – Vai cair, vai cair. – e ficava ameaçando que ia jogá-la no sofá. Depois só a tirou dos ombros e a deitou no sofá fazendo cosquinha. – Que coisa é essa na unha? – me olhou bravo.

Demi – É esmalte que sai na água, besta. Ela ficou me enchendo depois que me viu pintando as unhas e quis fazer isso também. Ai eu comprei esse de mentirinha. Relaxa. – ele me abraçou.
Rose – Não é de mentira, é de verdade! – ela disse irritada.

Demi – Isso, é de verdade! – eu ri e ela ficou fixada na TV de novo. – Mais de 3 minutos que chegou em casa e o seu celular ainda não tocou. O que aconteceu?
Joe – Ele está desligado. To cansado, não quero ouvir a voz de ninguém daquela gravadora, só ficar com a minha mulher linda e brincar com a pipoca. Tá bom assim?
Demi – Perfeito. – lhe dei um beijinho de esquimó depois ele me roubou um selinho demorado.

Rose – Papai, por que você fica colocando sua boca na boca da mamãe? É nojento.
Demi – Você ainda é muito pequenina pra ver que é bom.
Joe – É nada, é nojento. Continue pensando assim, filha.
Rose – Se é nojento porque ainda faz isso?
Demi – Essa menina tá afiada. – falei baixinho para Joe. – Olha bebê, tá passando Barney. – a fiz desviar a atenção pra TV.
Joe – Papai vai tomar banho e depois do jantar a gente brinca tá? – deu um beijinho na bochecha da Rose.
Rose – Faz essa baba, papai! – coçou a bochecha.
Demi – Barba filha. – a corrigi. – Viu? Se não faz pra mim faz pra ela.
Joe – Não chora. – bagunçou meu cabelo. -  Pede pra Suelly (empregada) servir o jantar, vou tomar banho. – me deu um selinho e subiu.

Suelly – Já posso servir o jantar?
Demi – Pode sim, por favor.

Ajudei rose a arrumar a bagunça de brinquedos na sala depois a ajudei a lavar as mãozinhas pro jantar.

Demi – Desce que a mamãe já vai. – dei a ordem a Rose.

Foi pro meu quarto e vi Joe saindo do banheiro com o peitoral molhado e cabelo bagunçado, usando uma bermuda simples boa pra ficar em casa. Fiquei olhando pra ele e sorrindo boba.

Joe – O que foi? – ele veio até mim.
Demi – Tentando entender como você descobriu como desliga o celular.
Joe – Eu nem tava dando tempo pra ficarmos juntos não é meu amor? – fez carinho no meu rosto. – Desculpa, acho que só agora eu me toquei nisso. Hoje vamos ficar só nós três ok?
Demi – Finalmente! – lhe beijei apaixonadamente enquanto brincava com seus cabelos. – Obrigada por fazer a barba. – nós rimos. – Vamos descer antes que comece a gritar “mamããe.”.
Joe – Vamos. – ele colocou uma camiseta e deu uma ageitadinha no cabelo, eu ia sair e ele me puxou. – Eu te amo tá?
Demi – Tem que responder? Você me deixa mais apaixonada a cada dia. – nos beijamos de novo e descemos.

#9:27pm

Rose estava quase dormindo no colo do Joe com o dedo na boca.

Demi – Vamos dormir princesa? – fiz carinho nos cabelos dela.
Rose – Não quero dormir, mamãe!
Demi – Quer sim, já dormiu um monte de vezes no colo do papai.
Joe – Eu te levo na cama, pode ser?
Rose – Tá... – disse manhosa com o polegar na boca e coçando os olhos com a outra mão.

...

Fui pro meu quarto, coloquei minha camisola e esperei Joe na cama.

Demi – Dormiu?
Joe – Como bebê.
Demi – A fez escovar os dentes né?
Joe – Claro que sim. Eu sou o pai perfeito tá? – disse pertinho do meu rosto apoiando o peso sobre a cama.
Demi – E o marido perfeito também.

Ficamos namorando por um tempo, vimos o começo de um filme chato e depois uma coisinha pequena e fofa entrou no quarto arrastando seu cobertorzinho pelo chão com o dedo na boca.

Demi – Acordou de novo meu amor...? – ela subiu na cama e se sentou no meu colo.
Rose – Num consigo dormir. – disse coçando um olho e deitando a cabeça sobre meu peito. – Tive pesadelo.
Demi – Conta pra mamãe como foi.
Rose – Não lembro.
Demi – Se a mamãe ficar mais um pouquinho com você na sua cama promete que dorme?
Rose – Só se você cantar. – Rose sempre dormir rapidinho e a noite toda quando eu cantava pra ela.

... quase meia hora depois ...

Demi – DORMIU! – me joguei na cama e Joe me puxou para mais perto dele, fazendo com que eu me deitasse em seu ombro.
Joe – Tadinha... – fazia carinho no meu cabelo enquanto eu puxava o cobertor.

Demi – Mamãe, liga pra cegonha e pede para ele trazer um irmãozinho? Palavras de Rose Jonas.
Joe – riu. – Quer um irmãozinho?
Demi – Quer...
Joe – Vamos trazer um par ela então, quanto mais cedo melhor. – começou a beijar meu pescoço e apertar minha perna.
Demi – Não, para! – o afastei. – Não quero outro filho.
Joe – Por que?
Demi – Você viu como eu sofri enquanto estava grávida da Rose, prefiro não passar por isso de novo tão cedo. Tipo, não pode ser um peixinho?- eu disse debochando.
Joe – É faze... agora ela quer um irmãozinho, semana que vem é um cachorro.
Demi – Eu espero... – parei e pensei um pouco. – O tempo passou rápido né? parece que foi ontem que ela era um bebezinho.
Joe – Mas ainda é minha bebêzinha. Vai sempre ser. Ela e você.

Demi – selinho. – Não acredito que ainda me trás flores.
Joe – Tem jeito melhor pra dizer discretamente “eu te amo”?
Demi – Ama?
Joe – Amo. – foi ficando por cima de mim. – Amo muito.

{...}

Dia seguinte:  #Sábado 8:55am

Rose entrou no quarto chorando e veio me acordar.

Rose – Mamãe. – me balançava.
Demi – Oi meu amor, o que foi? – o mundo tá caindo?

Joe acordou com o choro.

Joe – Ei princesa, o que foi? – se sentou e a pegou no colo.
Rose – Sonhei que você e a mamãe tinham brigado, e que não gostavam mais de mim tabém.
Joe – Pronto filha. – ninava Rose. – Foi só um pesadelo, já passou.
Rose – Você e a mamãe não tão brvos comigo?
Demi – Claro que não bebê, não tem por que ficar.
Joe – Agora para de chorar se não eu vou fazer cosquinha.
Rose – Não! – disse manhosa coçando os olhos.
Joe – Ah não vai parar de chorar não? – disse com aquela voz palhaça.
Rose – Não faz cosquinha papai! – ela implorou já rindo.
Demi – Vai Joe!
Rose – Não mamãaae!

Joe atacou a coitada com cosquinhas que nem ele fazia comigo, deu dó dela.

Demi – Chega Joe! – Rose pulou no meu colo. – Essas cosquinhas são chatas sabia?
Joe – Você ainda ama minhas cosquinhas que eu sei!
Rose – O papai fazia cosquinha em você também, mãe?
Demi – Fazia. Mas faz tempo. Ele fazia quando você ainda não tinha nascido. Não quer dormir de novo bebê? – eu estava MORRENDO de sono.
Rose – Não mamãe, num to mais com sono.
Joe – Então deita aqui com o papai. – ela se deitou entre mim e Joe que logo a abraçou e a cobriu.
Demi – Mamãe vai fazer seu tetê tá bom? - (Tetê-mamadeira/eu era a única criança que falava assim?) – Ou melhor, pedir pra Tia Su fazer.
Rose – Não! Quero o que você faz.
Demi – Ai Rose...- eu ri. – Já tá na hora de largar a mamadeira, não?
Joe – Deixa a criança!
Demi – Sei... – me levantei, coloquei um robe e liguei o abajur porque ela acha que tem monstros no escuro.
Joe – Ei Demi... – eu me virei.
Demi – Sim?
Joe – Bom dia.
Demi – Bom dia. – sorri e sai

...

Demi – Aqui seu tetê, amor. – dei a mamadeira para Rose. – Se não quiser tomar tudo não precisa.

Ela ficou distraída tomando o “tetê” ela e brincando com a mão do Joe. Ficavam comparando quem tinha a maior mão e ele ficava rindo da minha cara por a MINHA mão ser pequena comparada a dele e dizendo que a Rose vai ficar com a mão do tamanho da minha.
Depois de um tempo, os dois dormiram de novo e a cada 5 minutos eu tirava o dedo da Rose de entro da boca dela. Alguém sabe convencer uma criança de 4 anos a largar a mamadeira e parar de chupar o dedo? Ok, choremos.
É tão lindo ver esses dois dormindo. Rose tem o traço dos lábios do pai e os olhos escuros como o meu.
Rose nasceu de 8 meses. A bolsa rompeu no meio do jantar de noivado do Nick e da Miley, eles disseram que foi o melhor presente.
Eu nãos ei como, mas a Dallas tem u  jeito com criança... quando eu vou na casa dela com a Rose, ela não quer ir embora pra ficar com a madrinha. Sim, também acho que ela me deu alguma coisa dopante pra ser a madrinha da Rose.
Eu estou trabalhando na empresa da minha mãe (moda) e Joe continua na banda. Melhor banda por 3 anos seguidos no PCA ~baila~
Miley é atriz e a Dani sei lá o que está fazendo. Selena trabalha comigo, mas 2 anos e a empresa passa para o meu nome.
Dallas ainda tá de pega com o meu antigo guitarrista, ainda tenho uma leve desconfiança entre esses dois.

Joe – Ei...
Demi – Achei que estava dormindo. – estava fazendo carinho nele por uns 10 minutos.
Joe – Quem dormiu foi a pipoca. – fez carinho na Rose. – Minha lindinha.
Demi – Agora a Rose é sua lindinha, sua bebê, só ela ganha cosquinha... to começando a ficar com ciúmes.
Joe – AA meu Deus, na chora Demi! Vem cá.- ele disse num tom carinhoso e eu me deitei sobre ele. Subi o cobertor para cobrir rose que já tinha se possuído de todo o meu lado da cama. – Tá com ciuminho da nossa filha é?
Demi –Tô ficando.
Joe – Você vai ser pra sempre minha bebê. E porque tá reclamando das cócegas? Você disse que odiava.
Demi – Ok, eu sempre gostei das suas cosquinhas. – ele ameaçou fazer. – Não começa.
Joe – Sabia! – falou alto.
Demi – VAI ACORDAR A MENINA DEMENTE. – disse baixinho querendo gritar e o belisquei.

Joe – Desculpa aê.- fez carinho no cabelo dela. – Ela tem o cabelo macio pra fazer carinho, como o seu. – e ficou fazendo carinho no meu. - Eu ainda sou viciado nos seus cabelos. – eu me aconcheguei em seu ombro escondendo meu rosto em seu pescoço.
Demi – E eu adoro quando você faz carinho neles. Como quando éramos adolescentes.
Joe – E você continua safada como naquela época.
Demi – E você continua tão puto quanto antes, então tá tudo certo. – nós rimos.- Mas meu amor não é como antes, é maior. – olhei pra ele nos olhos.
Joe – O meu ainda cresce. – me deu um beijinho de esquimó depois um selinho. – Continua sendo minha canção favorita.
------------------ FIM ----------------

14 comentários:

  1. Ahhhhhhhhhhh .. que triste que acabou , mas o fim foi perfeito .. gente o amor deles e tão lindo !! *-* ahhh tão perfeitos e a filha deles onw mimada e carente que nem a demi e fofa como ela *-* anw !! depois postar uma foto dela ser puder kkk ahhh muito triste pelo fim da fic , mas feliz por ta começando outra ..*-* .. Quando que vai começar a outra ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn *-* com certeza a filha da Demi vai ser mimada!
      NUNCA duvide do amor de Jemi.

      Começa amanhã :)

      Excluir
  2. Ownt' eu tava imaginando a Rose como a Demi pequena *--*
    Existe familia mais perfeita? NÃAO
    Eu ameeeeeeei o final...
    aaaaah já chorei, rir, fiquei com raiva tudo por causa dessa fic kkkkk'
    Perfeita *--*
    Super, hiper, mega anciosa pra nova.

    ResponderExcluir
  3. GOD!! QUE LINDINHO ELA FALANDO MAMÃE! *O*
    XONEI! :)
    Muito lindinha essa Rose *-*

    Posta logo!! ;*

    ResponderExcluir
  4. Q final fofo , ansiosa pra próxima fic *-*

    ResponderExcluir
  5. "Continua sendo minha canção favorita." *------* CHOREEEII!! que lindo!!
    esse final foi perfeito!!
    nem acredito que acabou,nem parece que faz tanto tempo que comecei a ler sua fic e fiquei a madrugada toda acordada pra ler ela toda antes de vc postar os próximos capítulos...
    amei acompanhar essa fic e tenho certeza que vou amar acompanhar a outra também!! :)
    bjos =**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwn kkk :3
      obrigada por ter acompanhado e gostado :D

      Excluir
  6. Posso chorar? Deu tudo certo no final e PERFEITAMENTE PERFEITO! Awn vou chorar =') acabou! Que lindo ^^ Obrigada por fazer dessa fic a melhor q já li em minha vida! A ULTIMA FRASE FICOU FODA U.U
    Eu Amo você e orbigada por me incluir na fic com minha Dallas u.u²

    ResponderExcluir
  7. Oi eu li, Oi eu chorei, Oi eu li tudo em 3 dias, Oi eu amei ! vou começar hoje a ler a outra, que agora tem red de 2º temporada, n lembro o nome shauhsaushauhsauhsahsuhaushaus, nãoo pare de escrever nunca! bjs

    ResponderExcluir